Possuir-se para ofertar-se – Brava Quaresma 2018

Não podemos considerar esta Quaresma como uma época a mais, como uma simples repetição cíclica do tempo litúrgico. Este momento é único; e uma ajuda divina que temos que aproveitar. Jesus passa ao nosso lado e espera de nós – hoje, agora – uma grande mudança” (São Josemaria Escrivá).

Nosso Senhor Jesus Cristo espera de nós hoje, agora, uma grande mudança!

Muitos de nós encaramos o período Quaresmal, com suas exigências, com certo incômodo, pois, afinal, trata-se de um momento litúrgico forte, que nos relembra com veemência a necessidade de conversão. E isso, mais que tudo, toca num ponto crucial: mesmo as pequenas mudanças custam… na maioria das vezes muito! Elas exigem de nós uma energia e determinação que nos são caras, que provocam sofrimento e desconforto. Em razão da nossa concupiscência, somos propensos a negar qualquer tipo de sacrifício e permanecer sempre em estado de prazer e satisfação. No entanto, para alcançar a coroa incorruptível (I Coríntios 9, 25), para obter o tesouro escondido (Mt 13,44), é preciso determinação e esforço, tudo isso permeado pela graça.

Em seguida, Jesus foi conduzido pelo Espírito ao deserto para ser tentado pelo demônio” (Mt 4, 10)

A Quaresma é esse tempo propício em que Nosso Senhor Jesus Cristo nos convida a, conduzidos pelo Santo Espírito, adentrar o deserto e romper com aquilo que nos escraviza. Pois somente um homem livre pode ofertar a sua própria vida, já que o escravo perde poder sobre ela. Essa liberdade conquistada no deserto é a condição para conseguir negar a si próprio, aceitar a Vontade divina e abraçar a Cruz. “Ninguém tira [minha vida] de mim, mas eu a dou livremente” (Jo 10,18).

Nós, homens, à luz do Homem por excelência, somos chamados a amar como Cristo amou e, portanto, até o sacrifício da nossa própria vida. Devemos estar constantemente dispostos a ofertar nossa vida no altar de nosso dia a dia, por amor a Deus e à Sua obra salvífica. E isso só é possível se encararmos, com seriedade, de uma vez por todas, a nossa vida de fé, deixando a lavagem dos porcos e adentrando o banquete do Cordeiro.

Brava Quaresma 2018

A proposta da Brava Quaresma 2018 será diferente dos demais anos. Adaptamos um exercício espiritual chamado Exodus 90, que os membros do apostolado tiveram a oportunidade de fazer juntos, cujos frutos colhemos até hoje. Ele foi criado exclusivamente para homens, pois destaca em nós a necessidade da virilidade para suportar tentações que certamente virão durante o trajeto. Além de um desafio físico, psicológico e espiritual, a proposta da Brava Quaresma é tornar nosso coração mais próximo de de Deus; que silenciemos nosso espírito e vivamos, juntamente com Nosso Senhor Jesus Cristo, a graça de atravessarmos o deserto, com os olhos fixos na Páscoa.

Para ter acesso aos exercícios específicos, é necessário participar do grupo Brava Quaresma no Facebook.

Além disso, em nosso grupo, vamos publicar meditações para cada dia da quaresma e conduziremos momentos de partilha e oração, para que, em fraternidade, possamos encontrar o Cristo.

Tradicionalmente publicamos em nossa página exercícios diários, o que será mantido. Eles foram preparados levando em conta o chamado a vivermos, especialmente nesse tempo, a oração, a ascese e a caridade.

Seja homem! Não deixe que, por covardia ou comodismo, seu coração continue distante de Deus. Urge que nós, homens, vivamos em constante estado de graça e em íntima comunhão com Deus; somente assim teremos condições de lutar as batalhas que se nos apresentam.

Brava Quaresma!

Bravus, pela hombridade.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: