Brava Quaresma 2019: Pela Santificação e Hombridade do Clero

Capa Brava Quaresma 2019 Santificação Hombridade Clero

Confrades, chegamos novamente ao início do tempo litúrgico da Quaresma. Como sabemos — ou deveríamos saber! —, a Quaresma[1] é o tempo de preparação para o grande Mistério Pascal.

É por meio da Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo que a antiga aliança entre Deus e o homem foi refeita, que a ofensa do pecado original de Adão, nosso Pai, foi devidamente sanada.

“Se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé. [..] E se Cristo não ressuscitou, é inútil a vossa fé, e ainda estais em vossos pecados. Também estão perdidos os que morreram em Cristo. Se é só para esta vida que temos colocado a nossa esperança em Cristo, somos, de todos os homens, os mais dignos de lástima. Mas não! Cristo ressuscitou dentre os mortos, como primícias dos que morreram! Com efeito, se por um homem veio a morte, por um homem vem a ressurreição dos mortos. Assim como em Adão todos morrem, assim em Cristo todos reviverão.”

(I Cor 15, 14.17-22)

É tamanha a importância e centralidade da Ressurreição para nossa fé que, com o passar do tempo, a Igreja sentiu a necessidade de se preparar de maneira muito especial e de buscar verdadeira conversão. E, de fato, desde o primeiro ano do Bravus sentimos a necessidade de viver uma Quaresma mais intensa, de ajudar os fiéis no resgate das práticas de oração, jejum e esmola, bastante esquecidas na Igreja no Brasil.

A situação do mundo de hoje

Bastam uns poucos e breves momentos de reflexão e análise a respeito da situação do mundo e da Igreja para que nos demos conta de que vivemos uma grande crise. Como nos diz Dom Thomas Olmsted, bispo de Phoenix, a civilização ocidental foi edificada sob um solo irrigado profundamente pelo Evangelho, que ali criou fortes raízes. Contudo, nestes tristes tempos em que vivemos, diversos tipos de culturas de morte afrontam diretamente os nossos valores cristãos, atacando a identidade do homem e da mulher, a sexualidade, a família. As raízes evangélicas permanecem naquele solo, no fundamento de nossa civilização, ainda que dormentes. [2]

Neste contexto de mundo que procura se desfazer de suas raízes cristãs e mesmo negar a existência de verdades absolutas, também a Igreja passa por suas dificuldades. A crise da Igreja se faz sentir de diversas maneiras: na falta de um norte doutrinal, na dificuldade das famílias em transmitir a fé aos jovens, no esvaziamento de leigos nos bancos das igrejas, no baixo número de vocações religiosas e sacerdotais, na fé popular supersticiosa e pouco enraizada na pessoa de Cristo etc.

Brava Quaresma

Foi dessa reflexão que tiramos o tema para a Brava Quaresma deste ano: Pela Santificação e Hombridade do Clero. Sabemos que, se um mau pastor pode levar a grei que lhe foi confiada à ruína, um bom pastor pode levá-los à bem-aventurança eterna. Sacerdotes santos e que assumam a paternidade que é própria de sua vocação ao sacerdócio, isto é, uma paternidade espiritual, podem levar os fiéis de seu rebanho a uma vida de seguimento firme e decidido por Cristo.

Em síntese, nossa proposta para a Quaresma é a seguinte:

  • Que você realize um exame de consciência particular e identifique os vícios e pecados que precisam ser eliminados, e que a partir deste exame faça uma breve lista pessoal de penitências, baseado no tripé quaresma: jejum, oração, esmola.
  • Que você faça os desafios diários (pequenos exercícios espirituais) que postaremos em nossas páginas no Facebook e Instagram.
  • Que você participe de nosso grupo “Confraria Bravus” no Facebook (antigo grupo “Brava Quaresma”), onde compartilharemos nossas conquistas e dificuldades na vivência da Quaresma enquanto homens cristãos. (Grupo restrito para homens)
  • E, como NOVIDADE para este ano, que você assista e medite sobre as reflexões semanais que o diretor espiritual do Apostolado Bravus, Pe. Hernán Ducci, da Fraternidad de San José Custodio, estará compartilhando conosco, a serem divulgados em nossas redes sociais e neste site.

Fique à vontade

Que Deus nos abençoe e tenhamos uma santa quaresma.

Bravus,
Pela Hombridade

Referências

[1] Para saber mais sobre o significado da Quaresma, consulte este nosso artigo.

[2] Dom Thomas J. Olmsted. Into the Breach: An Apostolic Exhortation to Catholic Men, my Spiritual Sons in the Diocese of Phoenix (Firmes na Brecha: Uma Exortação Apostólica aos Homens Católicos, meus Filhos Espirituais na Diocese de Phoenix). Disponível em inglês e espanhol.

Você pode gostar...

3 Resultados

  1. Cleber Almeida disse:

    Muito bom ! que São José interceda por nós !!

  2. André Luiz disse:

    Prezados,
    Nessa Quaresma não usarei redes sociais.
    Vocês poderiam divulgar os desafios no site?
    Obrigado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: